Segue Aí

Quer receber os posts do Brandon Oak diretamente no seu e-mail? É Fácil! Digite seu e-mail abaixo e parta pro abraço!

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Semana da Decepção Moderna (Quinta-feira)


SEMANA DA DECEPÇÃO MODERNA - UMA QUINTA



A nossa semana está chegando ao fim, mas ainda há obras primas a serem expostas, senhores e senhoras. Prossigamos.


#13 - Nando, do NandoBlogArt


Eis o artista Nando mostrando seus dotes publicitários também. Confesso que ri alto desta tira. Outro ponto que notei é a barriga de fora de Decepção - alguns artistas trouxeram em voga esta imagem umbílica de Decepção e isso me chamou a atenção. Em qual teoria encaixa-se a razão pela qual Decepção poderia andar com a barriga exposta,senhores? curioso estou. Muito bom, Nando.






















#14 - Lívia Rosa


A face da ingenuidade: um Decepção meigo e fofo. Com cara de pelúcia, Decepção é pintado por Lívia sob uma perspectiva esperançosa e alegre. Sim, senhores, Decepção pode sorrir também, apesar das pedras no meio do caminho de sua vida. Isso me lembra Hamlet, quando, diante da podridão dinamarquesa vigente, pergunta-se:"Ser ou não ser, eis a questão" - Há ainda alguma coisa do Ser que tenha permanecido, haja vista o podre, o insalubre? A resposta de Lívia Rosa é "sim", há uma ponta de felicidade e esperança que sobrou apesar de tudo. Muito bom, Lívia ;)
















#15 - Roger Lima (Portfólio)

Roger, nesta arte pinta um Decepção imponente, mostrando a que veio, dá quase para acreditar que é um herói de verdade e aposto, até, que ele quase convenceu-se disto, a julgar pela sua pose e a forma como se porta diante do cavalete digital para ter sua substância em forma e tracejados convertida.

Comparação perfeita - o que me faz questionar: Meu Deus, seria Homer Simpson o próprio Decepção Atômica? O que você acha? Nesta arte, também de Roger, nota-se a redondeza abdominal homérica atribuída à imagem de Decepção. Traz, contudo, a face contente e satisfeita - que não estamos acostumados a ver na expressão idiotélica de Decepção.













#16 - Anderson Montor


A arte de Anderson Montor traz o Decepção Atômica em traços selvagens, na sua busca sedenta por frenesi. Posso imaginá-lo gritando, exteriorizando toda a sua agonia mental, clamando por liberdade: "Solte-me, Sistema! Solte-me!" É um clamor silencioso mas coletivo, embora alguns possam discordar, por mais que não pareça estamos todos gritando, selvaticamente, junto com o Decepção idealizado pelo Anderson, pela liberdade!














"Os homens ainda têm que ser governados pela decepção."
(Georg Christoph Lichtenberg)





Aos artistas Nando, Lívia Rosa, Roger Lima e Anderson Montor, o meu muito obrigado. Por hoje é só, até amanhã!

5 comentários:

  1. Segura a batata, moleque!
    Já passei a batata, dá uma olhada no meu blog pra você ter uma idéia da tirinha pro post da batata quente...

    ResponderExcluir
  2. Eeeeeee!! \o/
    Meus desenhos tão aí!

    Obrigado gente!

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana,
    Brandon, o que acha de fazermos uma votação depois no sindicato para elencarmos as melhores artes, podemos nos surpreender com os resultados, podemos fazer as colocações e tal...

    Pensa ae...

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar :D

Postagens Recentes Postagens Antigas Inicio
Ocorreu um erro neste gadget